Home / Notícias / Municipários fazem “vigília” na Câmara

Municipários fazem “vigília” na Câmara

Mobilização busca impedir aumento da contribuição previdenciária e inviabilização do Previmpa.

 

Mobilização busca impedir aumento da contribuição previdenciária e inviabilização do Previmpa Os projetos da Administração estão inscritos na pauta dessa quinta-feira, dia 11, a partir das 11 e podem ser votados a qualquer momento. Por isso, a medida do funcionalismo é acompanhar todas as sessões da Câmara Municipal, sinalizando aos vereadores que não aceitam uma eventual aprovação. Os técnicos de nível superior, em bom número, juntamente com as demais categorias de funcionários municipais, acompanharam, nessa quarta-feira, dia 10, a sessão da Câmara de Vereadores na qual poderiam ser votados dois projetos do Executivo, em regime de urgência urgentíssima. Os dois mexem, e muito, com a vida dos servidores municipais. Um deles eleva para onze por cento a contribuição previdenciária, num novo golpe sobre os salários já defasados pelo não-pagamento da bimestralidade desde maio do ano passado. O outro propõe a redução de dois para 0,5% da taxa de administração do Previmpa, o que inviabiliza o sistema. Luiz Fernando Rigotti, presidente do Conselho de Administração do Previmpa, explica que a instituição já funciona em condições precárias, com pouquíssima infra-estrutura (veja o comunicado do Fórum das Entidades na página inicial). “Se a taxa de administração for reduzida, o sistema será inviabilizado”, diz ele. Para o presidente da Astec, Adalberto Pio de Almeida, a tentativa do governo municipal de alterar a legislação previdenciária em Porto Alegre é “intempestiva e açodada”. “Intempestiva – esclarece – porque ainda tramita no Congresso Nacional a PEC paralela que, se aprovada, altera a realidade previdenciária no país todo e açodada por causa do pedido de urgência urgentíssima – segue ele –, numa tentativa de pressionar o legislativo a votar de afogadilho uma matéria que exige rigor”. Diante da pressão do Executivo e da possibilidade de o projeto ser votado a qualquer momento, os técnicos está sendo conclamados pela Astec para, juntamente com as demais categorias, também articuladas pelo Fórum das Entidades, manter uma “vigília” durante as sessões da Câmara de Vereadores. Você não pode faltar! 5ª feira – dia 11/03/2004 A partir das 14h30min No plenário da Câmara Municipal Compareça e leve tantos colegas quantos puder! A HORA É AGORA!!! www.astecpmpa.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *