Home / Notícias / MOBILIZAÇÃO TOTAL

MOBILIZAÇÃO TOTAL

OPERAÇÃO PADRÃO e MANIFESTAÇÕES POR LOCAL DE TRABALHO comemoram encerramento da Semana do Funcionário Público

 

O Dia do Funcionário Público foi marcado pela luta em defesa dos direitos dos municipários. Ato no Paço Municipal e caminhada denunciaram à população a tentativa de distorcer a verdade: há mais de um ano e meio a prefeitura não cumpre a lei da bimestralidade. Outros direitos, entre eles as progressões, voltam a ser pagos a partir de outubro, mas o recebimento referente ao período anterior terá de ser arrancado com mais luta e mais mobilização. Não se pode esquecer que o anúncio de pagamento referente a este mês de outubro só foi feito quando o candidato do governo declinou nas pesquisas. Esta é a verdade que a mobilização para comemorar o Dia do Funcionário Público revelou aos porto-alegrenses. Por isso, nesta sexta a mobilização continua, mais forte do que nunca! Chega de meias palavras e de distorcer a verdade! Os funcionários, mobilizados em Operação Padrão, mostram à sociedade porto-alegrense que seus direitos são vilipendiados. Discurso de candidato em jornal não põe na mesa aquilo que a família dos servidores precisa para viver e aquilo a que tem direito assegurado por lei. À parte todos os exercícios de retórica da administração e sua pirotecnia eleitoreira, os municipários estão mostrando ao contribuinte, seus verdadeiros patrões, que lutam por um serviço público de qualidade, no qual se possa contar com condições mínimas de trabalho sem que se tenha de optar entre ter prédios seguros ou papel higiênico nos banheiros, entre ter equipamentos de segurança para os serviços de risco ou tinta para as impressoras. Quem está partidarizando as questões de trabalho não são os funcionários, mobilizados porque há mais de um ano e meio não têm qualquer reposição das perdas inflacionárias, direito assegurado por lei; não têm material de trabalho e enfrentam diversas situações em que somente a raça do servidor é que faz o trabalho andar. Aos municipários interessa ter condições dignas de trabalho e ter respeitadas as suas conquistas. CONQUISTAS ESTAS QUE SÃO FRUTO DA MOBILIZAÇÃO, ATRAVÉS DE DECISÕES TOMADAS EM ASSEMBLÉIA GERAL, SOB A COORDENAÇÃO DO FÓRUM DAS ENTIDADES. CONQUISTAS ASSEGURADAS EM LEI. LEI QUE NÃO ESTÁ SENDO CUMPRIDA. O resto é discurso vazio. É pirotecnia eleitoreira. Valorize sua entidade. Escreva com ela a sua história profissional. Visite www.astecpmpa.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *