Home / Notícias / Debate prefeituráveis

Debate prefeituráveis

Astec entrega questionamentos aos candidatos Em evento promovido pelo Simpa

 

A Astec conversou com os candidatos presentes, entregando a todos um documento com os questionamentos da categoria sobre os principais temas que preocupam os Técnicos Científicos no seu cotidiano profissional. A iniciativa objetiva a defesa dos interesses da sociedade porto-alegrense, bem como, no exercício da função estatutária da entidade na representação de seus associados, participar ativamente do processo eleitoral que visa escolher o novo prefeito de Porto Alegre. Os candidatos foram convidados a visitar a sede da entidade ou, caso prefiram, enviar suas posições por e-mail, para que sejam divulgadas aos sócios. Todos os prefeituráveis foram convidados a participar do debate organizado pelo Sindicato dos Municipários, mas só compareceram Carlos Gomes, do PHS, Vera Guasso, da Frente de Esquerda, Luciana Genro, da coligação Sol e Verde e Maria do Rosário, da Frente Popular. Entre os temas tratados, foi unânime a defesa da qualificação profissional do servidor de carreira e a posição contrária à terceirização de serviços. Todos os candidatos se propuseram, ainda, a estabelecer políticas de reposição das perdas e de atualizações das progressões em atraso, sendo que Vera Guasso e Luciana Genro se comprometeram a reconhecer a dívida da bimestralidade e negociar o pagamento com os servidores. Maria do Rosário explicou seu plano para implantar, ao longo de quatro anos, a escola de turno integral e Carlos Gomes condenou a venda da folha de pagamento à Caixa Econômica Federal. No sorteio, o Conselheiro João Pedro Nunes, da Astec, foi contemplado com uma pergunta à Luciana Genro: “- Para quê tantos CCs (cargos em comissão) no município, se os servidores de carreira têm condições de desenvolver todos os serviços?” E a candidata respondeu que seu plano de governo prevê a redução de 70% dos CCs, porque estes devem desempenhar apenas as funções de confiança política, a fim de não partidarizar a Prefeitura. Na medida em que for recebendo as respostas aos questionamentos apresentados aos candidatos, a Astec vai divulgá-las aos Técnicos, através de seus veículos. Seguem, junto aos candidatos que não compareceram ao debate promovido pelo Simpa, as negociações no sentido de que se possa entregar o documento também a eles. CONFIRA AQUI A ÍNTEGRA DO DOCUMENTO ENTREGUE AOS PREFEITURÁVEIS. Corresp. Circ. 01/08 Porto Alegre, 1º de setembro de 2008. Prezado Senhor: Ao cumprimentá-lo, a Astec, na defesa dos interesses da sociedade porto-alegrense, bem como no exercício de sua função estatutária na representação de seus associados, vem participar ativamente do processo eleitoral que visa escolher o novo prefeito de Porto Alegre. Para tanto, elaborou o presente, que tem por função esclarecer aos candidatos os assuntos com os quais os técnicos científicos têm estado envolvidos no cumprimento de seu cotidiano profissional e buscar o posicionamento dos candidatos sobre as seguintes questões: 1) A captação eficiente de recursos disponíveis no mercado para financiar obras e serviços públicos é uma das possibilidades de melhorar a condição financeira da Prefeitura. O IBAM, Instituto Brasileiro de Administração Municipal publicou, em 2002, relatório de pesquisa realizada nas principais cidades do País, referente ao Estudo de Avaliação da Experiência Brasileira sobre Urbanização de Favelas e Regularização Fundiária, que apontou Porto Alegre como uma cidade com dificuldades para captar recursos. Os recursos disponibilizados e devolvidos a partir daquele ano ao Governo Federal (2002-2008) por não terem sido utilizados, confirmam esta vocação. 2) A gestão fragmentada tem sido outra das grandes dificuldades da administração da PMPA. Uma das alternativas de gestão prevê transversalidade e integração intersecretarias em prol da qualidade dos serviços públicos. 3) Um secretário e chefias com perfil adequado e formação técnica compatível com as atividades da secretaria/órgão que irá assumir são requisitos indispensáveis ao sucesso d

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *