Home / Notícias / Municipários em greve ocupam a Câmara Municipal

Municipários em greve ocupam a Câmara Municipal

Negociações com o Simpa e ocupação da Câmara pelos municipários. | Foto: Elson Sempé Pedroso/CMPA
Negociações com o Simpa e ocupação da Câmara pelos municipários. | Foto: Elson Sempé Pedroso/CMPA

No oitavo dia de greve, sem avanços sobre a proposta apresentada pelo governo na semana passada, os municipários ocuparam o plenário da Câmara de Vereadores, em busca de negociação efetiva que melhore o percentual retroativo a maio, para repor a inflação dos últimos 12 meses. A decisão de ocupar o prédio do Legislativo e lá permanecer até que haja avanço nas negociações ocorreu após reunião com o vice-prefeito Sebastião Melo, que iniciou na manhã desta terça-feira (21/06) e estendeu-se até às 14h, sem resultado positivo.

O presidente da Câmara Municipal, Cássio Trogildo, recebe o Simpa, se compromete a intermediar uma reunião com o prefeito, e diz que não tomará medidas judiciais em relação à ocupação. | Foto: Elson Sempé Pedroso/CMPA
O presidente da Câmara Municipal, Cássio Trogildo, recebe o Simpa, se compromete a intermediar uma reunião com o prefeito, e diz que não tomará medidas judiciais em relação à ocupação. | Foto: Elson Sempé Pedroso/CMPA

 

No final da tarde, o presidente da Câmara, Cássio Trogildo, recebeu os representantes do Simpa e comprometeu-se a intermediar uma reunião com o prefeito José Fortunati. Trogildo também descartou qualquer medida judicial em relação aos ocupantes, que “são servidores públicos e não vão depredar o patrimônio do município onde eles trabalham”, disse.

Foto: Silvia Bandeira/Simpa
Foto: Silvia Fernandes/Simpa

Os servidores reunidos nas dependências da Câmara deliberaram que a mobilização desta quarta-feira (22/06) será com concentração de municipários no Legislativo, desde o início da manhã, em defesa do respeito à data-base, com recomposição dos salários com o IPCA dos últimos 12 meses (9,28%), reconhecimento das perdas acumuladas em função do parcelamento da reposição de 2015 (9,44%), e reajuste o vale-alimentação para R$ 25,00, bem como da negociação da

Pauta Unificada de Reivindicações
– Cumprimento do Acordo de Greve de 2015, que previa a publicação e pagamento em março de 2016 da progressão funcional biênio 2010/2012, incluindo um cronograma de pagamento para o passivo e as perdas do período;
– abertura de edital para progressão funcional relativa ao biênio 2013/2014;
– retomada da venda da licença prêmio e direito a gozo;
– retomada da venda de férias e flexibilização da quantidade de dias nos parcelamentos;
– Concessão de gratificação aos departamentos, secretarias e fundação que ainda não tenham sido contemplados (FASC, DMLU, DEMHAB, Governança, SMOV, SMAM, SMURB, SMIC, SME, SMDH, SMC, DEP, SMACIS, Seda, Comunicação, monitoras e funcionários de escola, técnicos nas assessorias SMED, aposentados e celetistas), de modo a estabelecer a isonomia salarial, tanto do que se refere ao valor, quanto no que se refere ao tempo para incorporação para fins de aposentadoria.

Fotos: Anna De Carli/CarliCom

_DSC6970 (Cópia) _DSC6963 (Cópia) _DSC6992 (Cópia) _DSC7002 (Cópia)

Foto: Silvia Bandeira/Simpa
Foto: Silvia Bandeira/Simpa

GREVE-Negociação-21jun2016-MP-63- Simpa (Cópia)

Foto: Silvia Bandeira/Simpa
Foto: Silvia Fernandes/Simpa

Associativismo forte se faz com unidade e ação.
Diretoria Executiva 2015/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *