Home / Notícias / Previmpa envia nota a servidores admitindo erros na matéria publicada por Zero Hora

Previmpa envia nota a servidores admitindo erros na matéria publicada por Zero Hora

O Previmpa encaminhou hoje, às 17h44min, nota aos servidores do Município, na qual admite algumas das incorreções publicadas pelo jornal Zero Hora do dia 17 de janeiro, às páginas 8 e 9,  referentes à previdência dos municipários, reconhecendo a não existência do “rombo” a que se refere o jornal.

Tratando-se de matéria publicada em jornal de grande circulação, a Astec entende que a referida nota deveria ser publicada no mesmo jornal, e não somente enviada aos servidores.

 

Confira o conteúdo da nota publicada pelo Previmpa:

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO PREVIMPA

A reportagem especial publicada pelo jornal Zero Hora na última terça-feira, 17, trata como rombo os aportes efetuados pelo Município para pagamento de benefícios do Regime de Repartição Simples do Departamento Municipal de Previdência dos Servidores do Município de Porto Alegre (Previmpa). O departamento esclarece que o termo rombo não está devidamente colocado, uma vez que esse aporte é fruto da característica do grupo, onde não há poupança para pagamento de benefício e, legalmente, o custo desses benefícios é do Tesouro Municipal.

A imprensa sempre trata o déficit dos regimes próprios de previdência social (RPPS) de repartição simples como rombo, mesmo que tecnicamente não esteja correto. Como esse déficit (relação entre o total da despesa com o pagamento de benefícios e as contribuições – do servidor, 11%, e patronal, 22%) é coberto pelo Tesouro Municipal, a imprensa faz essa figura.

Confira o comportamento dos aportes nos últimos anos:

-Em 2013, na ordem de R$ 365 milhões;

-Em 2014, na ordem de R$ 441 milhões;

-Em 2015, na ordem de R$ 528 milhões;

-e, em 2016, na ordem de 660 milhões.

Além disso, todo o aporte está devidamente autorizado pela Lei Orçamentária Anual, sendo obrigação do ente fazê-lo ao Regime.

Por fim, cabe destacar os excelentes resultados na gestão do Previmpa ao longo dos anos, reduzindo custos administrativos, atingindo rendimentos do Regime Capitalizado superiores à meta atuarial acumulada, e fechando o ano de 2016 com rentabilidade de 22,66%, bem superior à média de 17% obtida pelos RPPS no Brasil.

Atenciosamente,

Previmpa – Departamento Municipal de Previdência dos Servidores do Município de Porto Alegre

ASTEC – Diretoria Executiva 2017/2018
RESPEITO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *