Home / Notícias / Astec e Senge acompanham servidores do HPS contra projetos de lei do Executivo

Astec e Senge acompanham servidores do HPS contra projetos de lei do Executivo

Manifestação do lado de fora do hospital                                                 (Foto: Ederson Nunes/CMPA)

Na noite desta quinta-feira (28), representantes da Astec e do Senge participaram, juntamente com mais de 150 servidores do Hospital de Pronto Socorro (HPS), de reunião realizada no hospital, com a Comissão Especial sobre Direitos e Vantagens dos Servidores Municipais de Porto Alegre, presidida pelo vereador Dr. Thiago Duarte, contra os projetos de lei do Executivo (PLs) 2.066/17, 2062/17 e  2063/17, que tramitam na Câmara Municipal e ameaçam o serviço público e os direitos dos servidores.

Cerca de uma centena de servidores, portando velas, aguardaram os vereadores na calçada em frente à porta de emergência do HPS. Dali, acompanharam os vereadores Dr. Thiago, Fernanda Melchiona e Airto Ferronato até o 6º andar, onde já se encontravam cerca de 60 servidores.

A adm. Rita Elói, associada da Astec, explicou que, se os PLs forem aprovados, de imediato se torna extinta a licença-prêmio, os salários poderão ser parcelados e pagos até o dia cinco do mês subsequente ao trabalhado, e o 13º poderá ser pago até o 5º dia útil de janeiro, pós-virada de ano. Quanto aos vencimentos,  seriam extintas as gratificações por dedicação exclusiva; se o regime vier a ser ser congelado, haverá perda para os servidores; os avanços, após o oitavo, passariam de 5% para 3%; e as gratificações adicionais de 15% ou 25% perderiam a proporcionalidade. “Não se discutiu nada de melhoria, o foco é redução salarial. Não há nada técnico que justifique as medidas”, pontuou Rita  Elói, que destacou, ainda, a total ausência de medidas para melhorar a gestão, a falta de reposição de inflação e o aumento da alíquota da previdência.

ASTEC – DIRETORIA 2017/2018
RESPEITO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *