Em assembleia geral, realizada na tarde desta quarta-feira, 8 de agosto, os municipários de Porto Alegre decidiram por unanimidade permanecer em greve. A próxima assembleia está marcada para a próxima terça-feira, dia 14.

Pela manhã, os servidores fizeram nova manifestação no Paço Municipal, contra a intransigência do prefeito Nelson Marchezan Jr., que não dialoga com os servidores, e exigindo o cumprimento da lei que assegura a reposição da inflação pelo IPCA integral correspondente ao período de maio de 2016 a abril de 2018, no percentual de 6,85%. A categoria reivindica também a recomposição das remunerações que sofreram perdas históricas na ordem de 8,85%, a melhoria das condições de trabalho com valorização e capacitação dos recursos humanos e a reposição dos quadros funcionais.

 

Leia também o Correio do Povo.

ASTEC – Diretoria Executiva 2017/2018
RESPEITO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *